Prazo para adesão sem carência ao Plano Nacional da Unimed termina dia 19

16/03/2018 | 11:04 - matéria visualizada 845 vezes


Filiados do Sindjus-MA têm até o próximo dia 19 de março para enviar documentação ao setor de Convênios do Sindicato e migrar sem carência para o Plano Nacional da Unimed Imperatriz. A operadora de Plano de Saúde – que já oferece duas modalidades de cobertura para os filiados do Sindjus-MA: Univida Plus, com atendimento somente na Comarca de Imperatriz e Univida Regional, que além de Imperatriz, atende em Açailândia, Porto Franco, Grajaú, Balsas e São Luís – passou a oferecer, conforme contrato com o Sindjus-MA, Plano Nacional com atendimento em todo o país.

O prazo para adesão sem carência ao Plano Nacional é válido para qualquer filiado. Tanto para aqueles que já possuem plano da Unimed Imperatriz, nas modalidades citadas acima, quanto para quem possui outros planos de saúde ou não têm nenhum. Mas é necessário enviar toda a documentação relacionada abaixo para o Setor de Convênios do Sindjus-MA dentro do prazo de 19 de março. A vigência será a partir de 1º de abril.

Para concluir a adesão o filiado também deve realizar, conforme os valores da tabela de mensalidades do Plano Nacional, disponível mais abaixo, depósito identificado na seguinte conta do Sindjus-MA:


 
Banco do Brasil
Agência: 1611-x
Conta corrente: 136775-7


O e-mail para enviar a documentação é [email protected] Para tirar qualquer dúvida ou se houver necessidade de mais informação ligue para telefone do setor: (98) 3232 2120.

Lista documentos:
 
1 - Ficha de Adesão/Exclusão e Termo de Compromisso

2 - Documentos pessoais: RG, CPF, comprovante de residência, contracheque (que indica vínculo com o Sindjus-MA), Cartão Nacional do SUS (consultar aqui), certidão matrimonial ou declaração de união estável.

3 - Comprovante do depósito na conta do Sindjus-MA.

Obs.: Dependentes de acordo com a cláusula III, 3.3 do contrato são aqueles que mantenham com o titular uma das seguintes relações:
 
a) Cônjuge;

b) Filhos solteiros, até 24 (vinte e quatro) anos de idade;

c) Filhos inválidos solteiros, com comprovação médica;

d) Dependentes especiais em relação exaustiva: menores tutelados com guarda provisória;
 
e) Equipara-se ao cônjuge, a companheira ou companheiro que comprove união estável como entidade familiar, conforme lei civil;

f) Equiparam-se aos filhos legítimos os filhos adotivos com menos de 12 (doze) anos.
Versão para Impressão