Comemoração de 25 anos Sindjus-MA contou com plantio de ipês na Sede Social da Raposa

1/04/2019 | 20:10 - matéria visualizada 484 vezes
clique para ampliarA comemoração de 25 anos do Sindjus-MA, realizada no sábado (30), na Sede Social do Sindicato, na Estrada da Raposa, Região Metropolitana de São Luís, também contou com uma ação de responsabilidade ambiental (foto).


Dez mudas de ipês foram plantadas na área entre a piscina e o campo de futebol do clube. As mudas foram doadas pelo técnico judiciário da Comarca de Viana e ambientalista, Nonato Moraes, que, além de presidente do Conselho de Ética do Sindicato, é geógrafo graduado pela UEMA, especialista em gestão ambiental e pública pelo IESF e UFMA, respectivamente, e representante da sociedade civil (ONG Arariba) na Comissão Interinstitucional de Educação Ambiental (CIEA-MA).


clique para ampliarMoraes (foto) produz mudas de ipês em Viana e foi dele a iniciativa de começar a arborização da Sede Social do Sindjus-MA. Além da beleza que as árvores acrescentarão ao ambiente, há outros fatores importantes que motivaram o plantio das mudas. “Nós temos sofrido muito com as alterações climáticas, que tem contribuído para o aumento da temperatura do planeta, provocando catástrofes na natureza e afetando populações inteiras. Portanto, precisamos plantar árvores. Agindo assim nos iremos contribuir para recuperação do patrimônio ambiental e, consequentemente, para melhorar a temperatura ambiente”, ressalta.

O ambientalista destaca ainda outros efeitos da presença de árvores no ambiente da Sede Social do Sindjus-MA, como a melhora da qualidade do ar, a redução dos níveis de ruído e redução do escoamento superficial, tendo em vista que as árvores funcionam como elementos de recarga dos lençóis freáticos. “Eu espero agora que os colegas participem desse processo e que cada um sinta-se responsável em cuidar dessas plantas, porque elas serão um patrimônio nosso. A iniciativa foi minha, mais a responsabilidade é de cada cidadã e cidadão, aqui e lá fora”, afirmou.

A escolha dos ipês não foi ao acaso. A espécie é uma árvore nativa que pode ser encontrada por quase todo o território brasileiro. Ela se destaca pelas flores que surgem na primavera e caem completamente no inverno e que podem ter coloração branca, amarela, rosa, lilás, verde e roxa. “O ipê é uma árvore símbolo do nosso país. Imagine daqui a três anos, na primavera, esses ipês todos floridos! Vai ficar tudo muito bonito!”, comemorou Moraes.


Moraes, a sec. de Imprensa do Sindjus-MA, Mércia Noleto, e a filha dela, LauraO técnico judiciário também destacou o caráter educativo do plantio. “Hoje nós tivemos a participação de crianças (foto) no plantio das mudas, isso é um processo educativo. Precisamos nos empoderar para o exercício da Educação Ambiental, que começa pela nossa casa e estende-se ao trabalho e ambientes que frequentamos. Nós precisamos nos apropriar dessas práticas ambientais, porque o nosso planeta precisa dessa ajuda. E o planeta não é meu, ou seu, é nosso; e dele devemos cuidar para nosso benefício e das futuras gerações”.

A ideia é não parar por aí. Mais árvores serão plantadas na Sede Social do Sindjus-MA e Moraes faz planos para incentivar os servidores do Poder Judiciário a plantarem mudas de árvores nas unidades judiciais distribuídas por todo o Maranhão, o que, segundo ele, pode ser abraçado pela Tribunal de Justiça do Maranhão por meio do seu Núcleo Ambiental.

No Fórum da Comarca de Viana, por exemplo, no ano passado, pela passagem do Outubro Rosa, foram plantadas sementes de ipê que serão doadas no próximo Outubro Rosa.
 
 
Versão para Impressão