Representantes sindicais do Sindjus-MA reúnem-se para debater perdas inflacionárias e futuro da organização sindical

16/09/2019 | 10:11 - matéria visualizada 498 vezes
O Conselho de Representantes Regionais do Sindjus-MA reuniu-se no último sábado (12) para debater a respeito de diversos temas relevantes para os servidores do Poder Judiciário do MaranhãoO Conselho de Representantes Regionais do Sindjus-MA reuniu-se extraordinariamente, neste sábado (14), no auditório da Sede do Sindicato, em São Luís, para debater a respeito de diversos temas relevantes para os servidores do Poder Judiciário do Maranhão, com destaque para a reposição de perdas inflacionárias e o cenário nacional e seus efeitos sobre os interesses da categoria. Sobre este tema, o debate foi aprimorado com a participação do professor do Departamento de História da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Lyndon Santos, que palestrou sobre a atual conjuntura política, econômica, cultural e também religiosa do país.
 
Os informes sobre as ações do Sindicato relativas à reposição de perdas inflacionárias – e especificamente sobre o Projeto de Lei (PL) 018/2019 para reajuste de 2,94% nos salários dos servidores da Justiça, que ainda tramita na Assembleia Legislativa do Maranhão – foram repassados pelo secretário-geral do Sindjus-MA, Márcio Luís Andrade.
 
Márcio Luís Andrade, secretário-geral do Sindjus-MAAndrade explicou aos representantes sindicais como tem sido o esforço da Diretoria do Sindicato para acompanhar o trâmite do PL 018 e o diálogo com os deputados estaduais em busca de apoio para a aprovação do reajuste. O secretário-geral destacou a campanha de assinaturas organizada pelo Sindicato e participação dos servidores filiados em ações nas próprias Comarcas, com destaque para Timon e Pinheiro onde os servidores mantiveram contato, respectivamente, com o Líder do Governo na Assembleia, Rafael Leitoa; e com o presidente da Casa Legislativa, Othelino Neto.
 
Para Andrade, essas ações foram fundamentais para que o PL 018 fosse apreciado e aprovado na Comissão Constituição, Cidadania e Justiça (CCCJ), após meses de sobrestamento.
 
Também foi repassado aos representantes sindicais detalhes de como a Diretoria do Sindjus-MA trabalhou para evitar que uma emenda apresentada pelo deputado Rafael Leitoa retirasse o direito dos servidores de receber o reajuste com efeito retroativo a dezembro de 2018 e como o Sindicato conseguiu que a Administração do Tribunal e Justiça do Maranhão (TJMA) confirmasse aos deputados que existem recursos para a concessão do reajuste com o efeito retroativo.
 
Márcio Luís Andrade sobre a tramitação do PL 018/2019 na Assembleia LegislativaPor fim, Andrade informou que após a confirmação do TJMA já há parecer da Secretaria de Estado do Planejamento (SEPLAN) favorável ao reajuste com retroativos e que existe a possibilidade de o PL 018 ser votado na Assembleia Legislativa na tarde desta segunda-feira (16).
 
“Estamos somando todos os esforços, sindicato e servidores, para que o reajuste seja aplicado conforme texto original encaminhado pelo TJMA ainda em dezembro de 2018. O reajuste não contempla o total das perdas inflacionárias dos servidores, porém, sem os retroativos, complica mais ainda a situação daqueles que esperaram todos esses meses por esse aumento”, disse Márcio Luís Andrade.
 
Cenário Nacional
 
Historiador Lyndon Santos palestrou, no último sábado (14), sobre a atual conjuntura política, econômica, cultural e também religiosa do país no auditório da Sede do Sindjus-MAApós o debate sobre o PL 018, o professor do Departamento de História da UFMA, Lyndon Santos palestrou para os representantes sindicais sobre o cenário nacional e seus efeitos sobre os interesses dos servidores públicos.
 
Santos, que tem experiência em História e Ciências Sociais, com ênfase nos estudos do campo religioso brasileiro, atuando, principalmente, em História das Religiões e Religiosidades, História Cultural e Teoria da História, iniciou explicando que o momento histórico é de crise da Modernidade, isto é, crise do projeto ocidental de uma civilização sustentada sobre o tripé Ciência-Estado-Direito.
 
Lyndon Santos, professor e historiador“O Estado Nacional está sendo diluído e ao mesmo tempo assistimos velhas forças ressurgindo”, disse referindo-se ao avanço mundial da extrema-direita.
 
Sobre o cenário nacional, o professor afirmou que estamos vivendo o fim da Nova República, período da História Brasileira iniciado após o fim da Ditadura Militar. Isso a partir do avanço de um ideal de teocrático e da configuração em curso de um Estado Policial. O outro lado dessa moeda é a criminalização e pulverização da organização dos trabalhadores, da organização sindical, o que aponta para a necessidade de uma defesa radical da democracia. 
 
O representante sindical Nehelias Ramos, da Comarca de Presidente Dutra, aprovou o debate. “A reunião do Conselho de Representantes é sempre uma oportunidade de discutirmos melhor, com mais profundidade, cada questão. O repasse de informações fica mais qualificado”, afirmou.
 
Mara Noleto, da Comarca de Barra do Corda, também aprovou o debate. “Me preocupa muito essa questão da fragmentação da organização sindical. São os trabalhadores perdendo força”, comentou.
 
Comissão
 
Durante a reunião dos representantes sindicais foi formada uma Comissão Especial para estudar e sugerir alterações para compatibilizar o Estatuto Social do Sindicato com o Código de Ética, criado em dezembro do ano passado.


SAIBA MAIS

Conselho de Representantes do Sindjus-MA debaterá Conjuntura Nacional e Perdas Inflacionárias dos servidores do TJMA

Sindjus-MA convoca reunião extraordinária do Conselho de Representantes Sindicais Regionais
Versão para Impressão