Presidente do Sindjus-MA prestigia lançamento de livro de técnico judiciário Francisco Aldebaran no Salimp

7/10/2019 | 10:12 - matéria visualizada 476 vezes
Considerada uma das maiores feiras literárias do Maranhão e uma das cinco maiores do Nordeste, o Salão do Livro de Imperatriz (Salimp), neste domingo (06), foi palco do lançamento do livro ‘Quem Vê Celular Não Vê Coração’, do técnico judiciário e escritor Francisco Aldebaran, lotado na 3ª Vara Cível da Comarca de Imperatriz.

Na publicação ‘Quem Vê Celular Não Vê Coração’ Francisco Aldebaran retrata a rotina de uma família em sua relação com o celular em forma de peça teatral.
 
Escritor Francisco Aldebaran com a líder indígena maranhense Sônia GuajajaraO lançamento da obra foi precedido pela palestra sobre a
atual conjuntura política dos povos indígenas, que foi ministrada pela líder indígena maranhense Sônia Guajajara durante o Café Literário. Sônia concorreu ao posto de vice-presidente pelo PSOL na chapa de Guilherme Boulos nas últimas eleições.
 
O evento foi também prestigiado pelo presidente do Sindjus-MA, Anibal Lins, em reconhecimento ao trabalho do servidor em sua ascendente carreira literária.
 
Em apoio a Francisco Aldebaran, o Sindjus-MA vai sortear 100 exemplares da obra ‘Quem Vê Celular Não Vê Coração’ aos seus filiados no dia 28 de outubro, como uma das atividades do Sindicato em alusão ao Dia do Servidor.
 
O autor e sua obra
 
 O autoproclamado escritor de rua, Francisco Aldebaran, é também autor das obras: Calâmitas, a odisséia da luxúria (2012; romance literofilosófico); O Mistério da Tarântula (2011; Contos poéticos sobre o arquétipo aracnídeo); O drama de uma mulher indecisa na alcova (de 2010, lançado em 2013 na Antologia do Descrêdo).

Por ocasião do lançamento de seu livro, Francisco Aldebaran distribuiu gratuitamente exemplares da obra ‘Quem Vê Celular Não Vê Coração’ para estudantes da rede pública de Imperatriz e servidores do judiciário que se fizeram presentes no evento.
 
Versão para Impressão