​Inscrições para evento que discute Inteligência Artificial no Poder Judiciário do Maranhão vão até quarta-feira (23)

21/10/2019 | 10:54 - matéria visualizada 427 vezes
Para propiciar a abertura de amplo debate entre servidores, magistrados, advogados e demais operadores do Direito sobre a implementação da Inteligência Artificial (IA) nos tribunais brasileiros, a Escola Superior da Magistratura do Maranhão (Esmam) promoverá, em São Luís, a palestra Inteligência Artificial no Poder Judiciário: desafios e perspectivas, no dia 25 de outubro, às 9h, no Auditório Madalena Serejo, no Fórum do Calhau.

A realização do evento foi proposta pelo Sindjus-MA a partir de projeto apresentado à Esmam.

As inscrições podem ser feitas no sistema acadêmico Tutor, até a próxima quarta-feira (23). Estão disponíveis 200 vagas destinadas aos juízes e profissionais do TJMA. Advogados, defensores, promotores e demais integrantes das carreiras jurídicas também poderão participar.

Servidores do TJMA - Inscrições Aqui

A inteligência artificial já é uma realidade em alguns tribunais brasileiros e com a publicação da portaria nº 25/2019 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que institui o Laboratório de Inovação para o Processo Judicial em meio Eletrônico e o Centro de Inteligência Artificial aplicada ao PJe, essa tendência se estenderá a todos os tribunais do País.

Programação

Na primeira parte do evento será apresentado o estudo de caso “Construindo um Ambiente de Desenvolvimento para a Inteligência Artificial, pelo analista judiciário e chefe do Setor de Análise de Dados do Tribunal de Justiça e Corregedoria Geral de Justiça do Estado de Roraima.

Em seguida, o Painel de Inteligência Artificial, será dirigido pelo juiz, professor e conferencista do Tribunal de Justiça do Estado de Pernambuco (TJPE), José Faustino Ferreira.

Os Formadores
 
Ville Caribas Lima de Medeiros é analista judiciário, chefe do Setor de Análise de Dados, do Tribunal de Justiça do Estado de Roraima/Corregedoria Geral de Justiça. Fundador do projeto PatrulhaEUREKA.org e da iniciativa MoradaDigital.org. Atuou como Coordenador Geral Nacional de Políticas de Informação da Diretoria de Educação à Distância da CAPES junto ao Ministério da Educação (MEC). Doutorando em Informática na área de Ensino de Tecnologia e mestre em Informática na área Inteligência Artificial, ambos pela Universidade Federal do Amazonas. 


José Faustino Ferreira é juiz do Tribunal de Justiça do Estado de Pernambuco, pós Graduado em Direito Público pela Universidade Maurício de Nassau (Recife-PE), professor e conferencista. Tem experiência na área de Direito, com ênfase em Direito Civil, Empresarial, Ambiental. Atua nas áreas de inovação aplicada ao Poder Judiciário, com desenvolvimento de projeto de Inteligência Artificial.
Versão para Impressão