Sindjus-MA defende o valor e a verdade do serviço público no Brasil

18/05/2020 | 14:52 - matéria visualizada 587 vezes
O Sindicato dos Servidores da Justiça do Maranhão (Sindjus-MA) repudia, veementemente, a declaração desferida pelo senhor ministro da Economia, Paulo Guedes, contra os servidores públicos brasileiros, na última sexta-feira, 15 de maio, durante coletiva de Imprensa no Palácio do Planalto. Ao defender o congelamento dos salários no serviço público, o ministro Guedes utilizou o verbo "assaltar" para referir-se à possibilidade de um aumento para os servidores em 2020: “Por favor, não assaltem o Brasil, quando o gigante está de joelhos”, disse.

Tal declaração é maldosa e tem o objetivo claro de jogar a opinião pública contra os servidores, apesar do momento de extrema crise! Alinha-se a outras distorções e mentiras repetidas sistematicamente contra o serviço público no Brasil ao longo dos últimos anos. Uma campanha difamatória que permanece em curso mesmo diante da conjuntura sombria da Pandemia de COVID-19 e do papel essencial que os servidores públicos brasileiros têm desempenhado nesse momento.

E o ministro tão somente reproduz essa distorção! A de que servidores públicos são privilegiados sanguessugas do dinheiro do povo, quando muitos servidores da Saúde e da Segurança deram suas vidas nos últimos dois meses na linha de frente contra a COVID-19; quando é da produção científica, em sua maior parte desenvolvida por pesquisadores formados em Instituições públicas deste país, que vêm as esperanças de tratamento, alternativas, vacina... É dessa mesma fonte que surgirão planos e soluções para uma nova vida pós-pandemia, apesar das dificuldades que a pesquisa científica brasileira sempre enfrentou e dos ataques que recentemente passou a sofrer!

Para que difamar o serviço público, senhor ministro? E logo nesse momento de crise, hora da verdade, na qual a figura do servidor púbico mostrou-se de fato essencial e necessária.  O senhor Paulo Guedes omite que, há anos, a esmagadora maioria dos servidores públicos do Brasil não tem aumento. Eles têm recebido, quando muito, alguma correção inflacionária, muitas vezes abaixo da inflação anual. E agora, com a Pandemia, essa mesma legião de servidores continua trabalhando para manter as Cidades, os Estados e a Nação funcionando e assim manter a vida das pessoas em condições de aguardar a retomada da economia.

No caso dos servidores da Justiça do Maranhão, ao lado dos magistrados, mantemos, em todo o Estado, a continuidade da atividade jurisdicional, que é uma atividade essencial para a população, e que assegura, por exemplo, a apreciação de pedidos de medidas protetivas em decorrência de violência doméstica, das questões relacionadas a atos praticados contra crianças e adolescentes ou em razão do gênero! Os servidores da Justiça também ajudam a proteger vidas!

A Diretoria do Sindjus-MA repudia essa atitude difamatória do ministro da Economia, senhor Paulo Guedes, contra os servidores públicos do Brasil. Atitude difamatória e irresponsável, dado todo o contexto da Pandemia no país. O Sindjus-MA não se omitirá em defender, por todos os meios legais disponíveis, o valor e a verdade do papel dos servidores públicos, em especial dos servidores da Justiça do Estado do Maranhão, para o bem da Sociedade Brasileira.

São Luís (MA), 18 de maio de 2020

Aníbal Lins
Presidente do Sindjus-MA
Versão para Impressão